Solicite uma proposta

Quer saber mais sobre os produtos escriba? Nós entramos em contato:

×

Saiba como trabalhar em home office sem colocar os dados do cartório em risco

abril 2nd, 2020 notícia por

Para diminuir a disseminação do novo coronavírus (COVID-19) no Brasil, muitas empresas liberaram os funcionários para trabalhar em modelo home office. Sem uma rede profissional protegida contra ataques digitais, os colaboradores precisam ter cuidados redobrados com a segurança online para evitar vazamentos de informações, principalmente para os cartórios. Veja abaixo algumas dicas para melhorar a segurança dos seus dados e se precaver contra atividades fraudulentas em ambientes virtuais.

Use uma VPN

Ao utilizar a internet, você cria um fluxo de dados entre o seu dispositivo e a rede. Normalmente, esse tráfego é aberto e acessível, ou seja, qualquer pessoa com conhecimento consegue interceptá-lo. Uma solução é o uso de VPN (do inglês Virtual Private Network), programa que cria uma espécie de túnel entre o seu computador e o servidor da companhia, protegendo todas as informações da sua conexão à internet, impedindo que essas sejam interceptadas por usuários não autorizados.

Ative um antivírus

É de extrema importância ter um bom antivírus para proteção do seu sistema, pois ele detecta, bloqueia e atua na remoção de invasores. Caso não tenha um software instalado, é recomendável a instalação para garantir a segurança online. Verifique com o responsável pela TI do cartório se sua máquina está protegida.

Altere suas senhas

Adote senhas fortes, ou seja, troque senhas muito antigas por sequências de 12 dígitos mesclando números, letras e símbolos.

Mantenha o armazenamento criptografado

A criptografia de disco é responsável por guardar qualquer informação sigilosa que possa estar presente no dispositivo e exibe somente para quem tiver a senha correta, protegendo até mesmo em caso de roubo do equipamento. Portanto, mantenha a criptografia dos seus arquivos sempre ativada.

Não utilize pendrives ou HDs externos

Evite utilizar pendrives, HDs externos ou outros dispositivos de armazenamentos móveis, pois são portas de entrada para infecções, ou seja, vírus. Os antivírus com monitoramento ativo ajudam a bloquear possíveis ameaças, mas a recomendação é não utilizar esse tipo de recurso.

Proteja sua máquina fisicamente

Por último, é importante você manter seu equipamento em um local protegido na sua residência, fora do alcance de crianças ou animais e evitar acesso não autorizado ao dispositivo.